Notícias

3fev, 2015

A cada dez anos com colesterol alto, risco de infarto cresce 40% 

De acordo com estudo, malefícios causados por esse tipo de gordura são cumulativos Um novo estudo revelou que, a cada dez anos em que uma pessoa vive com a taxa de colesterol elevada, o risco de ela sofrer uma doença do coração aumenta em quase 40%. A descoberta foi relatada nesta segunda-feira no periódico Circulation, da Associação Americana do Coração. Pesquisadores analisaram dados de 1 478 adultos sem doenças cardiovasculares aos 55 anos e calcularam o tempo em cada um deles tinha o colesterol elevado e o risco de sofrer […]
LEIA MAIS

21jan, 2015

Sedentarismo mata duas vezes mais que obesidade, diz estudo

Pesquisa da Universidade de Cambridge constatou ainda que caminhar 20 minutos por dia diminui em até 30% risco de morte prematura O número de mortes relacionadas ao sedentarismo é duas vezes maior do que as ligadas à obesidade, de acordo com uma pesquisa da Universidade de Cambrigde, na Inglaterra, publicada nesta quarta-feira no periódico American Journal of Clinical Nutrition. O estudo ainda constatou que caminhar 20 minutos por dia pode reduzir a mortalidade em pessoas com menos de 65 anos, uma vez que diminui o risco de desenvolvimento de doenças […]
LEIA MAIS

21jan, 2015

Ter uma infância feliz deixa o coração mais saudável

Pesquisa observou que risco de doença cardiovascular na idade adulta é menor entre aqueles que tiveram uma infância com estabilidade emocional Uma pesquisa feita na Finlândia revela que o bem-estar das crianças pode ter impacto na saúde ao longo da vida. Segundo o estudo, publicado na segunda-feira no Circulation, periódico da Associação Americana do Coração, viver experiências psicológicas positivas na infância diminui a probabilidade de doenças cardiovasculares na idade adulta. O estudo avaliou, em cerca de 3 500 crianças e adolescentes de 3 a 18 anos, aspectos como nível socioeconômico, […]
LEIA MAIS

6jan, 2015

Maioria dos casos de câncer acontece por ‘má sorte’

Segundo pesquisa americana, dois terços dos tipos de tumor, como o cerebral ou de ovário, ocorrem por mutações aleatórias no DNA, e não por fatores hereditários ou hábitos de vida Diferentemente do que se imaginava, a maioria dos tipos de câncer é desencadeada por “má sorte”, e não por fatores hereditários ou relacionados ao estilo de vida do paciente, segundo pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em um estudo publicado nesta sexta-feira na revista Science, esses especialistas concluíram que dois terços dos cânceres ocorrem devido a mutações aleatórias […]
LEIA MAIS

6jan, 2015

Aplicativos que medem a pressão ameaçam a saúde, diz pesquisa

Programas de smartphones para medir a pressão sanguínea são imprecisos e, em 98% dos casos, não foram desenvolvido por instituições especializadas Aplicativos para smartphones que medem a pressão sanguínea podem ser prejudiciais para o controle da hipertensão, mostrou um estudo publicado neste mês no periódico da Sociedade Americana de Hipertensão. De acordo com os autores, muitos desses programas não foram testados cientificamente e podem dar resultados errados, imprecisos e, por isso, potencialmente perigosos. Os pesquisadores analisaram 107 aplicativos famosos para o controle hipertensão disponíveis para download no Google Play e na […]
LEIA MAIS

16dez, 2014

Açúcar, mais que o sal, é o vilão da pressão alta, dizem médicos americanos

Um grupo de profissionais pede que diretrizes alimentares enfatizem mais o açúcar que o sal no combate à hipertensão Os programas alimentares voltados para reduzir a pressão arterial costumam focar na redução do consumo do sal. Mais do que cortar o sal, as pessoas deveriam tirar da mesa alimentos industrializados enriquecidos com açúcar. Essa é a constatação de um estudo feito por médicos da Faculdade de Medicina Albert Einstein e do Saint Luke’s Mid America Heart Institute, nos Estados Unidos, e publicado nesta quarta-feira no periódico Open Heart. Doenças cardiovasculares, como o infarto […]
LEIA MAIS

16dez, 2014

Caminhar três vezes por semana previne a enxaqueca

Conclusão faz parte de estudo brasileiro, que mostrou que o exercício reduz episódios de dores pela metade Uma pesquisa brasileira comprovou que exercícios aeróbicos, como caminhada e corrida, ajudam pacientes que sofrem de enxaqueca crônica. Segundo o estudo, feito na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), esse tipo de atividade física previne dores, diminuindo tanto a frequência quanto a intensidade do problema. Participaram da pesquisa 60 pessoas de 18 a 50 anos que tinham enxaqueca crônica, ou seja, apresentavam dores de cabeça pelo menos 15 dias ao mês. Nenhum dos voluntários […]
LEIA MAIS

28nov, 2014

Profissões complexas podem preservar a memória, diz estudo

De acordo com a pesquisa, carreiras consideradas complexas, como advocacia e engenharia civil, potencializam a memória e o raciocínio na velhice Pessoas que trabalham em áreas que desafiam a mente, como advogados, arquitetos e designers, podem ter a memória e o raciocínio mais desenvolvidos na velhice do que indivíduos com ocupações menos complexas. Essa é a conclusão de um estudo publicado na quarta-feira no periódico Neurology. Participaram da pesquisa 1 066 aposentados com idade média de 70 anos. Os pesquisadores tiveram acesso a testes de QI de cada participante aos 11 anos de idade e também […]
LEIA MAIS

14nov, 2014

Dietas da moda só emagrecem a curto prazo, diz estudo

Ao comparar as dietas Atkins, South Beach, Vigilantes do Peso e Zone, pesquisadores concluíram que nenhuma delas é mais eficaz do que a outra para perder peso a longo prazo e proteger contra doenças cardiovasculares Regimes da moda ajudam a emagrecer em um primeiro momento, mas não são eficazes para manter o peso depois de um ano. Além disso, o impacto das dietas sobre fatores de risco para doenças cardiovasculares é incerto. Essas são as constatações de um estudo publicado nesta terça-feira no periódico Circulation: Cardiovascular Quality and Outcomes, da Associação Americana […]
LEIA MAIS

30set, 2014

Uso de antibiótico antes dos 2 anos eleva risco de obesidade infanti

Chances do problema podem ser até 20% mais elevadas, principalmente se criança é exposta ao medicamento pelo menos quatro vezes nessa idade Um novo estudo americano é mais um a sugerir a que os antibióticos podem levar a problemas relacionados ao peso. Segundo a pesquisa, feita com quase 65 000 crianças, o uso desses medicamentos antes dos 2 anos de idade aumenta a probabilidade de obesidade infantil. O trabalho, publicado nesta segunda-feira no periódico Jama Pediatrics, foi feito no Hospital Infantil da Filadélfia. Os pesquisadores analisaram dados de 64 580 […]
LEIA MAIS